“Resistência”

No inicio havia a areia, o cimento e o ferro.

Pesado, prensado, transformado em tijolo e concreto parece não permitir a existência de vida. “Imagens que gritam”, assim defino as fotografias de Taís Fanfa. Da série “Resistência” de 2015, Taís capta o que passa despercebido aos olhos desatentos: a vida. A natureza, teimosa, em um ato de superação rompe a superficialidade da obra humana.

Fotografia 1:”A inesperada goiabeira”, 2015.
Fotografia 2: “Sete podas”, 2015.
Fotografia 3:”Quando ninguém mais acredita”, 2015.

 

A semente surge e sem condições insiste em germinar. O nascimento que se mostra improvável, trava uma briga para mover cada partícula do que lhe é alheio.
Valente, redescobre espaços e não se habitua a situação.
Não se engane, a resistência da goiabeira nada tem de aceitar o lugar sem vida.
Aqui, o resistir é um ato de rebeldia! Uma erva daninha, mato que é podado pela artificialidade.
Resiliente, pequena planta modifica ao redor na tentativa de retornar à forma original. Assim, ela ressurge entre o despejo, o abandono, a pedra e o concreto. Da madeira que outrora era seu semelhante e agora, morta, performa um objeto descartável.
No labirinto dos grãos de areia, o estreito caule aponta e rompe o que já não é estanque como ferro. O lento movimento do vegetal, ao seu tempo, alinhou-se ao tempo da artista que ressignificou sua própria existência.
Neste instante, a fotografia fala com nossa alma que sente e sabe o que é persistir. Essa alma enforma na arte a ideia das curvas feitas na areia, do movimento lento da subida, do ar e da umidade do momento, do tempo da entrega e da paciência do brotar.
A vida está em todo o lugar. E a toxicidade do meio já não é um empecilho para nascer.
A semente germina dentro de nós, e em sua aparente fragilidade atravessa o barro, empurra o cimento e abraça o ferro.
Faz sua própria armadura.

*Fotografia em destaque: “Porque sim”, 2015, Taís Fanfa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s