O efeito da cor

Revista Desvio

Assim como eu não quero ser escravo, não quero ser senhor. Entre os homens livres não pode haver escolha entre o voto e as armas. Os que preferirem as armas acabarão pagando caro. A verdadeira força dos governantes não está em exércitos ou armadas, mas na crença do povo de que eles são claros, francos, verdadeiros e legais. Governo que se afasta desse poder não é governo – mas uma quadrilha no poder[1].

O povo massificado insiste em ignorar sua subjetividade. Anulam suas dúvidas e incertezas. Dizem que é em prol do bem comum. Apáticos, se cegam antes mesmo do resultado das eleições. Não veem, não escutam, não debatem. Esbravejam: B17…1 e vestem a carapuça do fascista.

Desde que os seguidores de B. passaram a usar camisas pretas, compreendi, com horror, as palavras de Wassily Kandinsky em O efeito da cor, 1911, quando nos diz que “Os objetos…

Ver o post original 183 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s