Gravetos armados e os 10 anos de Jabutipê.

Revista Desvio

Neste mês, o ateliê Jabutipê, de Porto Alegre, faz 10 anos de existência, possibilitando a livre criação de artistas que deixam sua marca pela cidade. A obra “gravetos armados – intervenção na fachada do Jabutipê” (2011), do artista Antônio Augusto Bueno foi uma das obras que ocupou a fachada do ateliê.

Para um diálogo existir, é preciso um encontro de ideias. Certamente, o que mais me deixou surpresa foram as obras de Antônio. “Gravetos armados” escondem linhas tortas que tentam ser retas. Dentro da obra, existe um círculo que parece se formar ao fundo, oculto, divide espaço com a janela. O sujeito que está submerso na natureza, necessita sair para contemplar. Já o que está na superfície, no urbano, em sua curiosidade, resiste e por vezes não compreende o que a imagem provocativa apresenta.

A obra torna possível compreender a representação do lento movimento da busca, repulsa pelo outro e…

Ver o post original 266 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s